Fisioterapia no Intra-Operatório de Cirurgia Plástica

O Procedimento

A fisioterapia no intraoperatório de Cirurgia Plástica  é algo novo para cirurgiões e para muitos fisioterapeutas.

Os primeiros relatos dessa atuação ocorreram em 2015 e consiste na aplicação de bandagem elástica pelo fisioterapeuta ainda no centro cirúrgico.

Embora seja um tratamento recente, os resultados alcançados são extremamente satisfatórios e tem despertado o interesse de muitos cirurgiões que desejam proporcionar aos pacientes um pós-operatório menos doloroso e com menos intercorrências.

Para o paciente que deseja ter uma recuperação mais rápida, o tratamento intra-operatório torna-se indispensável.

A atuação fisioterapêutica minimiza as intercorrências comuns no pós-operatório de cirurgia plástica como o edema (inchaço) e as equimoses (roxos).

Outro benefício, que deve ser destacado, é o maior controle da região que foi lesionada, pois através do uso adequado de bandagens elásticas, uso correto de cintas (modeladores) e placas, o paciente tende a ser beneficiado com menor quantidade e gravidade das fibroses.